TOLERÂNCIA é a chave do bom relacionamento humano


Encontrei um e-mail aqui nas minhas coisas que recebi há dois meses, exatamente no dia 18/10. Nele havia uma declaração de uma pessoa a respeito do meu comportamento. Dizendo que eu havia mudado, que eu estava diferente do que eu realmente era. E, no e-mail, a pessoa tentava me resgatar…
A mensagem dizia que eu andava muito nervosa e, por qualquer coisa, ficava estressada. Mas, por quê? Por que eu ficava estressada sem motivo? Por que a gente se estressa e acaba descontando nas pessoas que mais amamos?
 
Isso se chama intolerância. Esquecemos de quem realmente somos, quando nos tornamos intolerantes. E por que nos tornamos intolerantes? Talvez porque nos falte resgatar um pouco dos nossos valores. O que nos falta é olharmos nossa evolução através dos olhos do coração e compreender que o outro também tem um passado que o faz ser quem ele é hoje. E seu passado é completamente diferente do nosso. Suas experiências são outras e sua forma de pensar nem sempre bate com o que acreditamos. Aí, é quando precisamos olhar para dentro de nós e revermos nossas atitudes, procurando adequá-las a cada uma das pessoas com as quais nos relacionamos, seja um amigo ou um parceiro.
 
É uma pena vermos relacionamentos chegarem ao fim por intolerância de uma das partes. É uma pena porque nunca é por causa desse único motivo..e a intolerância acaba sendo das duas partes. Os dois querem resgatar o tempo perdido e passam a não enxergar que ainda há tempo, porque a intolerância passa a contagiar o outro também. A verdade é que no final os dois acabam sofrendo com isso porque ainda se amam muito. O sentimento só precisa ser resgatado…ele está apenas bloqueado pela intolerância que não o faz florescer.
 
Aí, o tempo é o melhor aliado do amor. Os dois acabam preferindo o tempo, que é mais cômodo, para reverem seus conceitos, ao invés de tentarem conversar e consertar juntos. Mas, quando a união não ajuda a resolver, o melhor é a distância, que apesar de doer, também ajuda a viver, pois a distração com os amigos e a curtição passam a ser uma espécie de férias para aquelas pessoas que não tiveram muita “liberdade” durante o relacionamento. Não falo de vida amorosa só não, falo também de amizade. Quando nos desentendemos com alguém, mas mesmo assim, ainda gostamos dela, depois de um TEMPO, sentimos necessidade de resgatar aquela amizade, aquele amor…isso se chama SAUDADE. E só sentimos saudade de quem amamos.
 
Quando falo de liberdade, me refiro ao que diz a psicologia: “…a evolução de um relacionamento é sempre um processo de conexão, desconexão e reconexão. As pessoas se aproximam e se afastam. Reencontram-se e separam-se novamente. E assim segue o processo. Por mais que possa ser desconfortável, não há escapatória – é a condição para que o relacionamento seja saudável (…) a verdade é que cada um precisa ficar algum tempo sem o outro” (trecho retirado de um livro de Steven Carter e Julia Sokol).
 
Os relacionamentos de hoje só dão certo quando a liberdade que um dá para o outro é muito bem dosada e a TOLERÂNCIA é sempre preservada.
 
Pense nisso tudo antes de discutir sem um motivo real e sem antes escutar tudo o que a outra pessoa tem a dizer. Falo por experiência própria! Hoje, posso dizer que faria tudo diferente se pudesse voltar atrás, mas como diz Chico Xavier: “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim”.
 
Michelly Ribeiro
 

Contatos:
(12) 9749-3912 / (12) 9104-6202 / (12) 8822-6263

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s