Escolhas…


Alguém, uma vez, me disse que a vida é feita de escolhas. Eu, decididamente, tomei isso como verdade e resolvi seguir meu caminho fazendo escolhas acertadas, porém, a vida nos prega peças, justamente pelo fato de não estarmos ainda preparados para certas escolhas. Não estamos porque temos que amadurecer antes de acertar. Temos que sofrer, antes de ser felizes.
Para ser mais clara, eu sofri; e, por mais que eu tenha uma auto-estima elevada, não há maneira de escapar da dor, porque certas coisas são inevitáveis.
Me enganei muito e também chorei. Mas, a única certeza que tenho de não ter errado foi quando disse que amava. E quando amei, em nenhum momento me equivoquei. Amo até hoje. Os sentimentos não mudam, apenas evoluem, assim como nós.
A verdade é que nos iludimos de vez em quando e, se sofremos, foi por causa dessa ilusão. Posso ousar dizer que sofremos também por não estarmos preparados e é aí que entram as escolhas. Já disse antes que vivemos procurando por um amor, mas as vezes, não estamos preparados para ele e o deixamos passar pela nossa vida. Eu tentei não deixar passar, mas o amor, assim como nós, tem pernas próprias, tem o livre-arbítrio.
Se vou esperar?  Posso dizer que não mais. Não porque eu queira, mas porque não posso…tentei deixar as coisas acontecerem, expus meus sentimentos, me iludi com palavras e ações, mas esperar? Não posso. Eu vou continuar vivendo. Vou continuar minha vida a sós comigo mesma, fazendo o que eu gosto e me envolvendo com quem também se envolve comigo.
Sei que sou capaz de amar novamente de uma forma diferente, mesmo sabendo que o amor permanece eterno dentro de nós. Jamais esquecemos um grande amor. O verdadeiro amor adormece para, cedo ou tarde, renascer. Pode ser que isso aconteça hoje, mas pode ser que aconteça depois de muito tempo…na eternidade, talvez.
Acredito que a maior prova de amor que existe é aquela em que um aceita as adversidades do outro. Entende que o outro está ou tenta ser feliz, mesmo longe de você.
Não estou aqui para lamentar nada, apenas para dizer que, como ser humano que sou, também sinto dores no coração, seja por meio de cenas que vejo ou fotos. Seja por comentários de amigos ou pelo silêncio.
No entanto, o coração sente quando o outro ainda te deseja e, por isso, as esperanças alimentam o desejo de estar por perto e de querer reviver o que passou ou viver algo novo com as mudanças do outro.
Mas, a vida é feita de escolhas. Eu estou aqui sozinha e…bem, vamos deixar estar. O que alimenta o amor é a amizade e esta deve prevalecer mesmo quando o amor para por um tempo (digo que para porque o amor nunca acaba, ele apenas se ausenta por necessidade).
Descobri que o amor é alimentado pela amizade, porque você sabe que está apaixonado quando percebe que tem um amigo a seu lado que te acompanhará para sempre e te alegra com conversas interessantes, discontraídas e te proporciona momentos felizes, te dando segurança e tranquilidade. Às vezes você é retribuído, outras vezes não; mas, a vida é feita de escolhas, por isso, “faça do limão uma limonada”.
Às vezes pode parecer que sim, mas nem todas as nossas escolhas são eternas. Só não devemos temer o que o nosso coração nos propõe, porque ele é o único que está certo.
Contatos:
(12) 9749-3912 / (12) 9104-6202 / (12) 8822-6263 / (12) 8195-2908
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s