A Beleza


Inspirada no programa “A Liga” da TV Band, que foi ao ar na semana passada (27/07/2010), escrevo hoje sobre ‘Beleza’. Um assunto bastante discutido nos dias atuais, principalmente quando se fala de relacionamento, amizade, parcerias.

A beleza, hoje em dia, é algo tão importante quanto se alimentar bem e sobreviver. Infelizmente, as pessoas observam mais o exterior, como se “a casca” determinasse o verdadeiro caráter de alguém. A beleza é um fator determinante até para se conseguir um emprego. Isso se dá pelo fato de as pessoas se sentirem atraídas por tudo o que é belo. O belo fascina, chama a atenção, instiga, dá prazer e faz as pessoas se envolverem, porque o que é belo traz um certo status e uma sensação superficial de bem-estar.

Há quem diga que o fato de a beleza ser algo primordial para o ser humano, está na natureza do próprio Homem. Dizem que os bebês admiram as pessoas belas, por isso que sorriem e ficam olhando para elas.

Isso pode ser algo positivo para as pessoas se cuidarem mais fisicamente. No entanto, em se tratando de relacionamentos afetivos, as pessoas se enganam. A beleza é algo significativo e podemos dizer que a atração é o primeiro passo para um envolvimento maior. Aí entramos na questão da relatividade. Beleza é relativa não é? Podemos dizer que era pra ser. Esse tipo de beleza relativa é saudável. O problema é a padronização e a supervalorização da beleza. Essa é a que é nociva, paranóica e prejudicial para as relações humanas, sejam elas quais forem.

Não existe perfeição. É disso que devemos saber. As pessoas se iludem com o belo facilmente. Muitos olham a casca primeiro e depois se decepcionam com o que tem por dentro. A partir do momento em que as pessoas se aterem não somente com o supérfluo, mas com o sentimento de se envolver, de se conhecer, entreter, cativar; aí sim, elas serão capazes de viver profundamente a dádiva do amor, da amizade, do profissionalismo.

A beleza nem sempre é positiva. Por trás dela, pode existir alguém sem sentimentos, sem inteligência, sem carisma e que só pensa em curtição, aproveitar o momento sem pensar no que o outro pode sentir, sem respeitar. A pessoa pode não ser boa em nada, e a beleza ser a única coisa capaz de salvá-la.

Lógico que não podemos generalizar, mas é algo a se pensar. Nessas comunidades de Orkut, encontrei uma assim: “Beleza atrai, conteúdo convence”. Achei perfeita e creio que resuma tudo o que quero dizer.

Ser belo não é suficiente. Beleza, como o dinheiro, não traz felicidade para ninguém. A verdadeira beleza é a interior. As pessoas, as empresas e o mundo, no geral, deveriam se ater a esse pormenor de grande relevância.

Ouça esse texto, clicando aqui.

Contatos:
(12) 9749-3912 / (12) 9104-6202 / (12) 8822-6263 / (12) 8195-2908

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s