Ser livre…


 …é caminhar com os próprios pés; ser só e ao mesmo tempo completo, ausente e presente.

Ser livre é não dar satisfações para ninguém, ser simplesmente você, com os amigos que escolheu para dividir seus momentos de alegria; é ter ninguém para se preocupar, ninguém para te acordar, ninguém para depender.

Para ser livre, exige de nós a arte de entender o outro como indivíduo, compreender que ninguém é de ninguém e que, a mesma necessidade de liberdade que você precisa para ser feliz, o outro também tem.

Ser livre é realmente uma arte, porque exige responsabilidade, independência, prudência e respeito. Respeito pelo outro, porque ele não pensa como nós. Respeito pela sociedade, pela vida digna e solidária.

Ser livre não significa ser só, mas saber fazer escolhas sensatas, de acordo com o que somos, com o que queremos e acreditamos como verdade para nossas vidas. Ser livre é se impor e, junto a isso, impor também limites a todos que de nós se aproxima.

Ser livre é fazer-se entender e compreender o que o outro quer nos passar ou ensinar. Ser livre é compartilhar e esbanjar alegria interna. Ser livre é ser transparente, fazer o que se quer sem prejudicar ninguém. Ser livre é fazer as pessoas certas gostarem de nós e dizermos somente a verdade em relação ao que sentimos, porque se somos livres, entendemos que todos ao nosso redor devem gostar do nosso verdadeiro eu, do jeitinho que ele é, sem máscaras e sem mistérios, apenas segredos, os quais são necessários para mantermos viva nossa liberdade. Afinal, somos íntimos de nós próprios em primeiro lugar. Ninguém precisa entrar em nosso mundo se assim não quisermos. Precisamos entender como funciona nossa liberdade, antes de deixarmos qualquer pessoa entrar em nossa vida e assim, darmos a liberdade que ela também merece, ou melhor, qualquer pessoa entrar em nossa vida não, e sim, a pessoa que escolhermos. Sempre! Sejam amigos, amores, o que for, mas temos que saber nos impor, porque só assim seremos mais felizes e repletos de liberdade…liberdade de escolhas…liberdade para ir e vir, com independência e prudência. Porque a vida é isso: ser livre, sem amarras, sem ninguém para te dizer para onde você deve ir, porque só você sabe do que realmente precisa. Precisamos, sim, de pessoas para nos direcionar e apontar nossos equívocos, mas só de vez em quando; jamais precisaremos de alguém que nos comande. Se não pudermos caminhar com nossos próprios pés, para que então serve o livre-arbítrio e a graça de descobrir formas diferentes para viver, cada dia de um jeito novo, irreverente e diferente?

Todos querem a liberdade, mas poucos entendem que para ser livre, é preciso, antes de mais nada, entender os mistérios de si mesmo e respeitar os próprios limites, encontrando a felicidade proporcionada por uma alma liberta de correntes que nos afastam de nós. O primeiro passo para a liberdade é o desapego: de pessoas, de coisas, de lembranças.

Não ter arrependimentos também significa liberdade  porque se sabe que viver o momento depende unicamente do que acreditamos ser verdadeiro, prioritário e certo naquela hora. Se vamos mudar? E daí? Tudo muda o tempo todo e quem não muda já morreu. Por isso, ser livre depende de vivermos intensamente cada momento de nossas vidas como se fosse o último, porque realmente pode ser…

Ouça esse texto, clicando aqui.

 

 Contatos:
(12) 9749-3912 / (12) 9104-6202 / (12) 8822-6263 / (12) 8195-2908

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s