Experimentar para Viver!


Experimentar o diferente sempre que possível: esse é o segredo da verdadeira felicidade…

Antes que o dia anoiteça, antes que o espetáculo da vida termine, antes que a dança acabe, tudo, deve ser vivido, nos mínimos detalhes.

E, para que tudo isso aconteça, viver intensamente o momento presente – realizar de forma verídica o “carpe diem” – é preciso se desprender da rotina, deixar de lado o comodismo e arriscar o novo.

Experimente uma nova comida, um novo estilo de roupa, uma nova cor para a sua unha. Conheça lugares por onde nunca passou e, se possível, inúmeras culturas diferentes da sua. Conheça todos os tipos de pessoas, aprenda com elas!

Experimente a nova loja, o restaurante novo que abriu na semana passada, descubra novos caminhos, aqueles por onde você nunca ousou passar.

Siga aquela luz que você sempre viu brilhar, mas nunca teve tempo de buscar.

Experimente antes de dizer que não gosta. Experimente novos estilos de sapatos, leia os livros que nunca pensou em ler. Leia um livro que te traga conhecimentos diversificados, converse em uma língua diferente da sua, assista a um filme e experimente o que ele te instiga a viver.

Viva novas experiências todos os dias! Não desista de você!

Não pense na dor, na tristeza ou na melancolia e, muito menos, na doença que você tem ou pode ter. Esqueça!

Pense somente no agora! Viva o momento presente!

Ontem já passou e amanhã…..bem, amanhã pode ser tarde demais!

Por tudo isso, costumo experimentar uma comida diferente, comprar coisas que meu impulso insiste em comprar, assistir ao filme que meus olhos querem ver, respirar novos ares que sempre desejei, e simplesmente viver o prazer que a vida tem para me oferecer. E, sem perceber, descubro que essa é a melhor terapia que existe para curar qualquer dor ou doença.

Pensar no que é bom, simplesmente atrai tudo o que é maravilhoso….por tudo isso……………………

……………………………… EXPERIMENTE SEMPRE!

Enquanto eu respirar, vou viver tudo o que desejo experimentar: a dança, os lugares, as pessoas…………..

“Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver”

(Amyr Klink)

 

 

 

 

 

 

 

 

Contatos:
(12) 9749-3912 / (12) 9104-6202 / (12) 8822-6263 / (12) 8195-2908

Contato em SP:
(11) 7343-3177

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s