Seja paciente!



De uma forma sutil, aprendemos com o passar do tempo, de acordo com as experiências que vivemos, que a paciência é o verdadeiro segredo de uma vida plena e feliz.

A paciência nos eleva à plenitude da vida, pois nos acalma e faz compreender que tudo está exatamente onde deveria estar. Nada acontece por acaso. Tudo tem uma razão de ser.

Pode parecer meio subjetivo, mas você não está sem emprego a toa: o momento é ideal para o auto-conhecimento.

Você não está sozinho em vão: você precisa se acostumar a se sentir bem consigo mesmo antes de se sentir bem com outra pessoa.

Já disse o sábio Fernando Pessoa: “A liberdade é a possibilidade do isolamento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo”.

Antes de você ser feliz, você precisa compreender o universo ao seu redor. Antes das conquistas, precisa sentir o sabor da derrota e, principalmente, precisa estar preparado para receber o melhor ou tudo o que deseja em sua vida.

Santa Teresa D’Ávila é um exemplo de espírito evoluído e adoro repetir suas palavras para me acalmar, quando vejo que me precipito demais:

Nada te perturbe,

nada te amedronte.

Tudo passa,

a paciência tudo alcança.

A quem tem Deus nada falta.

Só Deus basta!

É engraçado o quanto achamos que sabemos mais do que realmente sabemos. Insistimos em apressar o vento que coloca tudo em seu devido lugar e, com isso, fazemos bagunça por onde quer que passemos.

Nossa pressa nos faz cometer erros. Pensamos que podemos apressar os acontecimentos porque deixamos de confiar. Achamos que temos o controle de tudo, quando, na verdade, não dominamos nada.

A paciência nos eleva, nos faz mansos, acalma nosso coração.

Existe o velho ditado popular que diz que “a pressa é inimiga da perfeição” e é verdade. A natureza é nosso sábio e vivo exemplo: as flores têm seu tempo de florescer, as borboletas não são borboletas assim que nascem – antes são feias lagartas. O tempo está presente na natureza, mas ele é sempre lento, para que a perfeição simplesmente seja e se desenvolva a fim de que possamos admirar sua beleza.

Da mesma forma acontece com nossas vidas. Existe um tempo certo para cada coisa se desenvolver, desabrochar. Precisamos aprender a aceitar ao invés de questionar a demora. Devemos aprender com a demora, a lição que tem para nos ensinar. Nada é em vão. Existe uma explicação para tudo. Saber esperar é uma virtude que se conquista com a experiência.

Nem sempre o que pensamos ser o certo é o que realmente é. A pressa nos torna cegos diante do que é melhor para nós.

Até o amor tem seus estágios de conquista. Quem quer conquistar alguém precisa ser paciente. Quem quer encontrar um verdadeiro amor, precisa de tempo para se conhecer e descobrir o que realmente deseja para sua vida.

Muitas vezes nos enganamos pensando que quem escolhemos para nós é a pessoa ideal. Nos iludimos, nos torturamos por causa dela. Temos pressa de amar e não percebemos que ás vezes estamos prontos para amar, mas nem sempre o outro está. E, para que o amor aconteça, é preciso que os dois estejam na mesma sintonia. Isso leva tempo…e ás vezes, o tempo que passa nos leva para outras direções para aprendermos inúmeras lições necessárias.

Mais uma vez, o tempo em ação. E a paciência deve sempre ser nossa aliada a nos envolver.

Esses dias, vi uma frase no perfil de uma amiga muito especial para mim e que me chamou muito a atenção, principalmente por ter muito a ver com meu momento. Dizia: “Aprendendo a ficar…”.

Aprender a ficar pode significar muitas coisas, entre elas, aprender a aceitar – ficar onde você está porque é o melhor lugar que você pode querer. Deus nos da direções as quais são as melhores para nós, por mais que não as aceitemos ou não acreditemos que possam ser algo bom.

É preciso aprender a ficar, aprender a aceitar, desprender, criar de acordo com as ferramentas que possuímos, sermos melhores com as lições diárias. Aceitar é ser feliz!

Falando para todas as religiões a mesma língua:

Não existe início nem chegada…só o caminho” (desconheço o autor)

Paciência é uma virtude de manter um controle emocional equilibrado, sem perder a calma, ao longo do tempo. Consiste basicamente de tolerância a erros ou fatos indesejados. É a capacidade de suportar incômodos e dificuldades de toda ordem, de qualquer hora ou em qualquer lugar. É a capacidade de persistir em uma atividade difícil, tendo ação tranqüila e acreditando que você irá conseguir o que quer, de ser perseverante, de esperar o momento certo para certas atitudes, de aguardar em paz a compreensão que ainda não se tenha obtido , capacidade de ouvir alguém, com calma, com atenção, sem ter pressa, capacidade de se libertar da ansiedade. A tolerância e a paciência são fontes de apoio seguro nos quais podemos confiar. Ser paciente é ser educado, ser humanizado e saber agir com calma e com tolerância. A paciência também é uma caridade quando praticada nos relacionamentos interpessoais.

            (Livro dos Espíritos – Perfeição Moral – Allan Kardec)

* Paciência – Lenine

* Mantra da Paciência (Om mani padme hum)

Contatos:
(12) 9749-3912 / (12) 9104-6202 / (12) 8822-6263 / (12) 8195-2908
Contato em SP:
(11) 7343-3177

Anúncios