Felicidade para nossas crianças!



Olhando para essa foto, fico pensando onde estariam os pais dessas crianças e se estariam preocupados com elas.

Registrei esse momento neste domingo (09/10/2011) em São Paulo/SP.

Será que elas chegaram vivas em casa? Quem procurou por elas? Quem deveria cuidar e as perdeu de vista? Ou, será que alguém competente os pegou e os levou para onde pertencem, sua casa?

Em um determinado momento, até pousaram para a foto. Talvez pensam que seja bonito arriscar suas vidas.

A verdade é que são crianças, as quais não possuem a mínima noção do perigo. Elas estão apenas se divertindo à sua maneira. Porém, são crianças aparentemente de, aproximadamente, 10 anos de idade. Onde estariam seus responsáveis?

Nesse dia das crianças, certamente, muitas estão brincando de se arriscar. Novas brincadeiras tomaram conta da juventude, como inclusive o uso e o tráfico de drogas. Acha pesado? É a pura verdade!

Quantas crianças não vemos jogadas pelas ruas dos grandes centros urbanos, usando e conhecendo as mais absurdas drogas, expostas e sem haver movimentação que garanta sua proteção? Quantas crianças estão conhecendo o sexo antes do tempo e se esquecendo das antigas brincadeiras: amarelinha, esconde-esconde, pega-pega? Elas estão pegando os outros e roubando e sem serem punidas, o que é pior, porque jamais aprenderão. Por isso, sou a favor da redução da maioridade penal. As lições que deveriam ser ensinadas às crianças foram esquecidas e se não forem dadas nem quando cometem crimes, tudo ficará ainda pior. Elas estão se escondendo da família, ao lado de marginais que as exploram. Elas estão amarelando na escola intelectual e na escola da vida. Deixam de estudar para buscar tudo o que é mais fácil.

Mesmo que não tenham condições, devido ao déficit na Educação brasileira, mesmo que o Brasil viva em meio à desigualdade social, mesmo que a fome seja ainda um mal difícil de se combater nesse país em desenvolvimento e longe de evoluir sem esse investimento ideal que não ocorre por meros interesses políticos: população ignorante elege políticos corruptos e eles lucram com isso. Mesmo que tudo isso ocorra, ainda assim a inocência deve ser preservada. As crianças deixaram de ser criança faz tempo e ninguém percebe!

Elas são facilmente manipuladas pela mídia, pelo mundo e por todos aqueles que querem abusar de sua ingenuidade, e por quê? Porque quem os abandonou primeiro foram os que deveriam os acolher e resguardar: os próprios pais! O que estão fazendo com nossas crianças? Estão as abortando da vida que não pediram, cometendo violências absurdas com elas, que são indefesas!

Isso é controverso e, ao mesmo tempo, um pesadelo da vida real. A marginalização social tomou conta até dos sentimentos humanos que hoje estão distorcidos. As pessoas se desconectaram umas das outras e se ligaram ao seu individualismo egoísta. Por que hoje em dia é tão comum jogar criança no lixo e maltratá-la? E se isso sempre existiu, por que nada muda?

Devemos lutar por nossas crianças e, principalmente, pela preservação de sua inocência!

Estamos todos cansados de escutar aquela mesma ladainha que diz que a “criança é o futuro”, mas a maioria ignora seus momentos criativos, desmerece suas conquistas, ignora seus sonhos e a tira do mundo de fantasia, onde é o seu verdadeiro lugar.

O ser humano adulto se esqueceu que foi criança um dia e talvez, pela vingança inconsciente, preferiu maltratar a inocência  como se dissesse: “se não fui feliz também não será”.

Essa é a dura realidade brasileira. A criança deixou de ser criança porque os pais a abandonaram nos trilhos sombrios da noite, a deixando livre para os tão “acolhedores amigos” das trevas.

Que o dia das crianças – tão comemorado pelo comércio (e só para lembrar: nem todas as crianças ganham presentes) –  também possa servir de reflexão: esse é apenas o outro lado de uma realidade, que devemos nos esforçar para mudar.

Conheça os Direitos da Criança, clicando aqui.

Contatos:
(12) 9749-3912 / (11) 7343-3177

Anúncios

Um comentário sobre “Felicidade para nossas crianças!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s