Aprendi com um Homem…


…eu aprendi uma lição com um Homem com H maiúsculo, o qual nem sabe que foi meu professor, e muito menos o que me ensinou. Não preciso dizer, minhas atitudes vão mostrar.

Depois de uma situação tensa, porém não menos gostosa, tivemos uma conversa esclarecedora…

Com ele aprendi o que já sabia, mas uma nova visão me fortaleceu nessa caminhada: homens e mulheres são diferentes, mas ambos buscam o mesmo sentimento para dividirem, o amor. Por mais que isso pareça não ser real, o que acontece com as pessoas é que elas não sabem dialogar e acabam interpretando as coisas segundo seu ponto de vista, segundo o que acretitam ser real, mas nem sempre o é.

O que acontece com os relacionamentos entre homens e mulheres é que cada um tem um jeito diferente de gostar ou amar, junto a uma talvez problemática história ou decepções acumuladas. Todos têm defesas que, na mesma proporção, transbordam quando se é colocado na situação em que essa proteção natural surgiu.

Os desentendimentos acontecem devido a essas pequenas diferenças, e a maturidade é a única capaz de solucionar problemas na comunicação e corrigir falhas nas atitudes.

Aprendi com esse Homem que os relacionamentos não dão certo não só porque deixa de existir química e diálogo, mas também porque mulheres expressam sentimentos por meio de palavras, as quais se forem expostas de forma muito intensa podem assustar o sexo oposto, que se sente pressionado, por mais que essa não seja a intensão da mulher. Muitas mulheres expõem o que sentem simplesmente porque querem tornar o fato revelado ou porque sentem vontade de se expressar, nada além disso. Por mais que haja talvez um desejo interno de “algo a mais”, as mulheres maduras saberão se retrair e controlar quando for preciso. Tudo o que elas querem é sinceridade, honestidade, para que não façam má interpretação dos fatos, já que sua natureza é impulsiva e não há como negar.

Já os homens, têm uma visão um pouco mais prática da realidade: “deixar rolar” para eles significa viver um dia de cada vez, ser paciente, caminhar passos lentos para se construir uma base firme e incapaz de se quebrar. Eles são racionais! Não somente esse Homem me ensinou isso, mas muitos grandes Homens partilham dessa mesma visão, a qual, nós mulheres, devemos aprender a seguir.

Os homens são práticos: eles se afastam quando se sentem pressionados, se calam e ignoram quando estão pensativos, mas muitas vezes, é nesse silêncio que está a grande lição. Julgá-los é um grande erro! Generalizar o gênero como todos iguais é algo perverso. Aprendi com esse Homem que existem sim homens diferentes, mas para chegarmos até eles, precisamos nos desapegar de antigos comportamentos e aprender a conhecê-los por meio de conversas, carinho, atenção, olhar, toques e convívio; mesmo que tenhamos pulado a fase das preliminares.

Mulheres, não queiram apressar o vento, pois ele sempre soprará a nosso favor, embora pensemos que não seja o melhor. Não apressem a chuva, porque “ela só vem quando realmente tem que molhar”.

Os homens só aprenderam a ser assim, porque as mulheres sempre foram impulsivas, sempre correram atrás.

“Deixar vir”, “não buscar”, “não se empolgar demais”, “não correr atrás” são palavras que temos escutado há décadas. Nossos antepassados já sabiam de tudo isso! O que eu aprendi, ontem, com esse Homem, nenhuma terapia já conseguiu me fazer entender. A lição só me fez enxergar ainda mais quão especial é esse ser humano que conheci há pouco. E essa é a ideia: nos surpreendermos com as pessoas, basta sabermos enxergá-las como merecem ser vistas. Ninguém é igual a ninguém!

Outra coisa que aprendi: “criamos um mundo que não existe”, quando há falha na comunicação, e principalmente, quando deixamos de perceber os fatos como são de verdade. Não da para criar um conto de fadas numa história que é apenas um conjunto de simples momentos e nada além. É preciso que se coloque os pés no chão e que se viva cada segundo com a naturalidade devida. Só sofremos porque queremos ou escolhemos sofrer. Desde o início (quando conhecemos alguém) somos avisados, pela própria pessoa, sobre quem ela é e o que pretende. E em diversos momentos, no dia a dia, todos dão sinais do que ou de quem querem para si próprios e para suas vidas. Só nos iludimos porque viver em um mundo de fantasias é gostoso, como uma droga que vicia. Porém, esquecemos de perceber que, agindo assim, estamos optando pelo sofrimento desnecessário.

Que bom seria se todas as pessoas pudessem perceber o que eu estou percebendo. Não consigo mais sofrer por causa de relacionamentos que não dão certo ou que não se desenrolam da maneira como eu gostaria. E isso é uma conquista! Essa é uma visão que adquiri desse aspecto de minha vida, graças às grandes experiências que vivi e, nem por isso, deixei de viver outras tantas experiências intensamente.

O importante é nunca se arrepender do que se fez. Tudo o que foi feito não há como ser corrigido e nem precisa, porque fizemos o que acreditamos ter sido o melhor no passado. Hoje, somos mais maduros que ontem, e amanhã, certamente, seremos ainda mais.

Moral da história: Homens e mulheres são diferentes, mas no fundo possuem os mesmos desejos, os quais são ocultos pela forma como os expressam. Homens tomam atitudes aos invés de se expressarem verbalmente como as mulheres. Eles são práticos e elas, sentimentais. As mulheres dão voz aos sentimentos, enquanto os homens silenciam diante deles. Os homens preferem tomar a iniciativa ao invés de que iniciativas sejam tomadas para eles. Por isso que se afastam quando mulheres se jogam demais em um relacionamento, porém, como acontece comigo, muitas mulheres gostam de se expressar simplesmente pelo prazer de dizerem o que sentem, o que não significa que sua intenção seja tornar um relacionamento mais sério. Muitas mulheres, como eu, se adéquam a situação porque simplesmente gostam e  sabem dizer não quando não desejam mais que ela continue. Isso é maturidade adquirida não só com o tempo, mas principalmente, com as experiências de vida.

Quando se sabe o que se quer e quando há maturidade entre duas pessoas, sempre existe espaço para o diálogo, que muitas vezes é ignorado ou deixado de lado, adiado. Mas, o diálogo é a melhor solução para qualquer falha na interpretação dos acontecimentos. Esclarecer tudo, sempre é importante, por mais que algumas vezes seja chato. As mulheres preferem a sinceridade a fim de se posicionarem diante do homem. Já o homem prefere se afastar e adiar o tão temido “DR” (discutir relação).

Algumas músicas expressam bem a visão que o homem tem dos relacionamentos com as mulheres. A música abaixo é a que define bem a situação que descrevi acima:

Depois de tudo isso, só posso dizer uma coisa: “Deixa acontecer naturalmente!”

Contatos:
(12) 9749-3912 / (11) 7343-3177

Anúncios

2 comentários sobre “Aprendi com um Homem…

  1. Falou e disse. É exatamente isto que acontece. Ao homem foi ensinado que deve tomar a iniciativa. Se não for assim ele não se sentirá responsável e poderá vir a não assumir ou mesmo manter o compromisso que tiver com a mulher. O homem gosta de exercitar o poder de comando na relação. Quando a mulher se mostra e se entrega demais ele se desinteressa, mesmo que goste muito dela. É difícil para a mulher entender, mas é assim que ocorre nas mais diversas relações homem-mulher. AMAR É DEIXAR LIVRE. Aposte nisso!

    Curtir

  2. Mi, você aprendeu boas lições de seu amigo Homem com H, fico feliz e concordo dizendo que o homem muitas vezes suprime certas ações e pensamentos pela própria limitação da sociedade que ditou as regras para ele de que não se deve demonstrar sentimentos… Mas essa discussão, como eu falei por cima na semana passada no meu blog, é pano pra metros de discussão! ADORO, ficar horas discutindo um assunto com quem também curte um bom papo…

    Gostei do texto, e a frase final (trecho da música) foi o toque perfeito! 😉

    Beijos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s