Colecione recomeços


Silencie seu coração toda vez que ele te desesperar com as lembranças do que já se foi. Respire profundamente, permaneça no presente, deite-se na areia, acaricie seus próprios cabelos e acredite em uma verdade: você está vivo!

Reviver o que passou é o mesmo que se apegar ao que acabou. Cada pessoa tem uma história e, com ela, é capaz de caminhar com passos firmes, compondo uma vida repleta de experiências que edificam e fortalecem quem olha de fora. Enquanto se está vivo, se corre riscos, por isso, reviver o que passou também é o mesmo que deixar de viver o que se passa e correr os novos riscos que precisam ser explorados.

Tudo são fases, que são como primaveras: o momento é tão intenso, que nos deixamos levar pelo prazer que ele proporciona, sem pensarmos no que pode vir depois – são as flores que se abrem – isso não é errado! Errado é você viver intensamente o presente e se iludir com o que ele pode ou não te trazer.

Pense e tenha consigo que tudo o que chega até você é consequência de todas as atitudes passadas. Nada chega às suas mãos sem uma razão própria. Por isso, acredite sempre que o melhor ainda está por vir, afinal, o princípio da vida é evoluir…então, se deixe levar por essa onda. Tudo o que está em suas mãos neste exato momento é por causa do seu merecimento. Você tem o que você merece e, principalmente QUEM você merece. Tudo está no lugar que deveria estar.

Se algo que você gostava se perdeu ou alguém que você amava se foi, é porque nunca te pertenceu. Simplesmente voltou para o seu devido lugar.

Ás vezes, as coisas e as pessoas saem de seus lugares rumo a nossa direção com o objetivo de nos trazer lições, dividir experiências e multiplicá-las. Depois que suas missões acabam, elas simplesmente se vão. Ou seja, o débito que tiveram conosco foi pago e agora elas precisam se dirigir a outros caminhos a fim de cumprirem outros propósitos pendentes. Essa é a lei da vida, e quem se apegar ao que passou, não conseguirá se acostumar nunca às mudanças e dificilmente será verdadeiramente feliz.

Cada pessoa que passa por nossa vida, sempre deixará um pouco de si. E se foram importantes, elas sempre ficarão vivas em nossas lembranças. Mas, que nossa mente possa aprender a selecionar coisas boas, para que continue sobrevivendo ao caos necessário de forma saudável.

As lembranças e a saudade das mesmas é um grande sinal de que o que fizemos no passado valeu a pena e que certamente, se pudéssemos reviver, faríamos tudo de novo. Mas, essas lembranças só devem nos servir de trampolim para tudo o que é novo, para o sucesso e para a felicidade.

Que todas as nossas lembranças possam nos fazer enxergar a vida cada vez mais de forma diferente, valorizar o que antes não éramos capazes de dar valor, olhar o universo com olhos de águia e transcender a magia do agora para sempre.

E que em cada novo fim, possamos ser capazes de enxergar um novo recomeço…

Contatos:
(12) 9749-3912 / (11) 7343-3177

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s