As verdades do Carnaval


É uma festa gostosa para quem sabe como aproveitá-la sem exageiros, e qualifica o Brasil junto ao futebol.

Não podia ser diferente para quem vem do exterior, sempre se deparando com mulheres quase nuas na TV e bagunça eterna em dias intensos de muita folia, principalmente em Salvador. Não podia ser diferente.

Há aqueles que sabem aproveitar com responsabilidade e de forma saudável, mas o que predomina sempre são os exageiros e o desejo perturbador de se viver o momento sem pensar no depois, como se o mundo acabasse em um segundo, como se a eternidade não existisse.

Um dos valores que não consigo enxergar nessa grande festa é o amor pela vida. As pessoas insistem em extravasar e se esquecem de seus limites, desrespeitando até a vida de terceiros. Não podemos generalizar, mas tudo isso é fato, e os números não mentem.

O que me despertou para escrever sobre isso foi o crescente número de assassinatos e diversos outros crimes que ocorrem nessa época, principalmente, nas cidades que me rodeiam. Outro fato que me fez despertar para escrever sobre isso foi uma médium conhecida minha que postou em seu facebook que sempre se sente mal nessa época, sempre com sensações ruins e pressentimentos malévolos, e justamente por esse motivo, evita de sair às ruas.

Algo que me despertou para escrever sobre o assunto também foi a falta de escrúpulos de pessoas ignorantes que pensam que festa é tudo, ou seja, que vivem para festejar e não festejam POR viver. Ganância e ambição são o que mais combinam com essas pessoas; e carnaval também significa prestígio e destaque para os que possuem muito por desejarem ser vistos por aqueles que nada possuem, o que podemos dizer também, seguindo os números de pesquisas importantes, que essa é a maioria dos brasileiros.

Então, por tudo isso, resolvi procurar algo na internet que fosse capaz de descrever um pouco de todas essas minhas percepções do carnaval, que me atrai apenas pela criatividade dos diretores de diversas escolas de samba existentes, em inventar roteiros para um “teatro” de rua musical repleto de enfeites que podem até emocionar expectadores, mas que, ao mesmo tempo, é um desperdício de dinheiro público, o qual poderia muito bem ser utilizado para se investir em educação, saúde e segurança da população – direitos básicos de todos, sem distinção.

Confira o que encontrei no link abaixo e reflita sem discriminação. Não pense na doutrina que fala, mas nas palavras proferidas:

CARNAVAL

Um excelente carnaval a todos! Que possa existir mais respeito por parte de todos…

Contatos:
(12) 9749-3912 / (11) 7343-3177

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s