Ser feliz é estar presente no presente vivendo tudo intensamente…


…e sem precisar dar satisfações pra ninguém!

Acho que a vida deveria ser mais simples. As pessoas deveriam ser mais seguras de si e decididas a tal ponto que pudessem ter a liberdade de colocar e tirar quem quisessem de suas vidas, sem que para isso lágrimas rolassem. Isso se chama desapego.

As coisas poderiam funcionar exatamente como no filme “Amizade Colorida“, em que amizade não se confunde com sentimento, e se, por alguma questão humana isso acontecer, tudo se resolve numa boa; sem promessas de um futuro incerto ou o susto de uma paixão.

Ou então, as coisas poderiam ser tão simples quanto a letra da música de Ana Carolina, “Stereo“, que resume a feliz liberdade em não dever satisfação a quem não interessa, com autonomia, com maturidade e aproveitando o momento de acordo com suas vontades, sem pensar no depois. Afinal, esse é o segredo da felicidade.

Quando se descobre o poder de responder por seus próprios atos e quando se é capaz de raciocinar com maturidade as decisões da vida, deixando entrar somente as pessoas desejadas, e fechando a porta para quem não importa; ser livre é apenas questão de respirar.

Nem tanto como a música “A vida é minha” do Capital Inicial e nem tão radical quanto um adolescente, mas a vida devia apenas ser suave de acordo com a intensidade de cada sonho, sem muitas cobranças ou condições; imposições ou cárceres invisíveis que o ser humano cria quando pensa que pode segurar quem ama por entre os dedos, para que não escape de sua visão ou para que não sofra os infortúnios do mundo. Pura ilusão! Pois é aí que o medo se torna real.

Todos nós precisamos experimentar tormentos a fim de saborearmos as glórias!

O que nos cabe é pensar no que faz realmente bem para nós, nos conhecendo verdadeiramente. E nos preocuparmos com os outros ou em tê-los para nós não é o mesmo que ser feliz, e sim, é o mesmo que viver numa redoma de ilusão que nos mantém apegados ao desespero de sermos queridos.

Quando nasce a dúvida em nosso peito em relação ao futuro, do tipo “quero fazer, mas posso sofrer”, basta pesarmos as consequências de acordo com as experiências adquiridas. Se você tem a capacidade de separar a vontade do sentimento do depois, ou o medo de perder do cuidado, siga em frente e realize os seus desejos do agora sem pensar no que pode vir adiante. E aí, estando preparado para as consequências, o depois virá e simplesmente passará por você feito uma brisa leve. Não fará diferença. Sabendo  separar o bom do ruim, o doce do salgado, o inverno do verão e a mentira da verdade; tudo será tão simples em nossas vidas quanto o ato de caminhar; e tão prático e objetivo quanto uma equação matemática de nível fundamental.

Deixa pra lá e viva o hoje intensamente. Aproveite! Seja feliz! Conheça muito bem quem um dia te fez mal para saber enfrentá-lo muito bem quando estiver disposto ou  quando precisar. Não se deixe atingir por tão pouco. As melhores coisas da vida acontecem em momentos inesperados e no impulso improvisado de um respirar.

Quando se trata de pessoas, devemos nos perder nos braços de quem nos atrai e nos desperta interesse, mesmo que não haja futuro. Ninguém é capaz de prever o amanhã, então, importe-se com o hoje e esqueça de todo o resto. Entregue-se e permita-se viver uma história, que possa ser passada adiante e com a legenda: “Valeu a pena!”.

Decepções vão acontecer sempre. Esteja pronto para enfrentá-las. E se sofrer, sofra mesmo! Se for pra chorar, chore. Viva tudo intensamente. Não empurre sentimentos em cantos profundos, porque eles tendem a despertar quando menos se espera e o problema não é resolvido. Isso apenas piora e aumenta de intensidade. A vida é curta e o que mais vale dela é a felicidade! Faça tudo valer a pena, faça tudo ser bom pra você e pros outros!

Nessa caminhada da humanidade, o que importa é a quantidade de riscos que corremos diariamente, porque quem arrisca, é capaz de dizer, com certeza, que viveu e tem mais chances de encontrar com seus sonhos, no final dessa estrada.

Mas, correr riscos não significa encarar tudo com despreparo, e sim, com maturidade. Esteja preparado para os tropeços sempre. Se acontecer algo diferente do que você já sabe que pode esperar, será lucro. Entenda que, na vida, o sofrimento é opcional, afinal, a vida é feita de escolhas.

Não perca o foco e seja feliz!

——————————————————————————//

Para ilustrar algumas dessas ideias, confira o texto abaixo, que serve de dica para os relacionamentos de uma forma geral (retirado do site http://www.casalsemvergonha.com.br/2011/11/02/33-coisas-que-os-relacionamentos-nos-ensinam/):

33 coisas que os relacionamentos nos ensinam

Todo relacionamento – seja ele bom ou ruim, nos traz experiências. Há, inclusive, certas coisas que só é possível aprender quando estamos vivendo lado a lado com outra pessoa. Eis algumas delas:

1. Se você não dá abertura para o diálogo, mentiras são inevitáveis.

2. Carinho não é algo que se pede – se ganha.

3. Ninguém é obrigado a gostar da gente.

4. Sexo com intimidade é infinitamente melhor.
5. Confiança é a base dos relacionamentos. Se ela não for bem sólida, cedo ou tarde tudo desmorona.

6. Você não tem o direito de tentar mudar o outro.

7. Sexo pra fazer as pazes pode ser gostoso, mas não há sensação melhor do que não ter que chegar nesse ponto.

8. Se o outro quiser, ele vai te trair. Cuide do seu relacionamento para que ele não queira.

9. Quem não consegue viver bem sozinho, jamais conseguirá viver bem em parceria

10. As melhores declarações de amor são demonstradas nas atitudes mais simples.

11. Experiências são sempre melhores que presentes materiais.

12. Sexo exige um esforço mútuo. O esforço do outro vai ser proporcionalmente igual ao seu.

13. Algumas pessoas são viciadas em brigas. Não há o que fazer, a não ser se afastar delas.

14. Ciúme é a desculpa dos egoístas.
15. Às vezes, simplesmente enjoamos do outro. Infelizmente, não há como resolver esse problema.

16. Toda máscara um dia cai.

17. Opostos podem até se atrair, mas dificilmente se aguentarão por muito tempo.

18. É preciso encontrar alguém que não te irrite para caminhar junto.

19. O defeito do outro com o qual você tanto implica, pode ser o berço da melhor qualidade dele.

20. A melhor forma de provar seu amor é deixando o outro livre.

21. Sexo é diferente de amor. No entanto, sexo sem amor é possível, amor sem sexo fica difícil.

22. Para um relacionamento ser feliz de verdade é preciso que você consiga olhar para o outro todos os dias e pensar: Que pessoa foda que eu escolhi.

23. A dor de amor te deixa mais humilde.

24. Em vez de procurar uma pessoa perfeita pra ter uma vida de cinema, escolha ser feliz de um jeito mais simples.
25. Às vezes um abraço no fim de tarde ou um cafuné na cabeça são o lado bom da vida.

26. Priorizar quem não te quer pode ser uma das grandes burradas da vida.

27. Sempre que pensar que alguém “teve sorte” de encontrar uma pessoa tão legal, troque “sorte” por “merecimento”.

28. Nunca tolere que outra pessoa te desvalorize.

29. Tudo o que fazemos entra no cosmos e, cedo ou tarde, volta pra gente. Serve para as coisas boas ou ruins.

30. Você não precisa se encaixar no modelo de relacionamento imposto culturalmente. Crie o seu da forma que desejar.

31. É preciso trazer para o peito somente pessoas que agregam. Mantenha distância das que subtraem.

32. As pessoas apaixonantes nos ganham nos detalhes.

33. Por mais triste que o fim pareça, ele frequentemente é a sua entrada para o próximo espetáculo da vida.

Contatos:
(12) 9749-3912 / (11) 7343-3177

Anúncios