Sempre a favor da VIDA


Há quem diga que é a favor da vida com “algumas exceções”. Para mim, estas pessoas não sabem ao certo o que dizem, porque ou se é a favor de alguma coisa ou não.

A VIDA é uma só. Ou você permite que todos vivam sem tirar-lhes o direito de respirar, ou você está entre os milhares de criminosos do Planeta Terra, os quais perderam a noção do respeito ao próximo.

O STF se posicionou como a favor do aborto de anencéfalos e confirmou ontem essa decisão. Esta atitude causou a indignação de muitas pessoas, inclusive a dos mais religiosos.

Eu não sigo nenhuma linha religiosa, mas tenho minha filosofia de vida: matar é crime!

Acredito que essa atitude do STF foi a mesma atitude de um governo, por exemplo, que da arma nas mãos de todos e diz: “faça bom uso dela, matando a todos que te contrariarem ou não estiverem nos seus padrões”. Será que isso é realmente humano?

A própria não aceitação da diferença entre os indivíduos e a não adequação aos limites alheios repletos de divergências de pensamentos e aparências fez com que a maioria de nós se desvinculasse de conceitos amorosos e humanos a fim de nos desprezarmos mutuamente. Com isso, passamos a aceitar alguns crimes como  corretos aos nossos olhos, já que, muitos deles, se tornaram comuns.

Deixamos de nos indignar porque o que deveria ser reflexo de indignação, virou espetáculo diário na TV.

É pura covardia e egoísmo de quem pensa que uma criança não tem sentimento, por não ter cérebro, e merece ser brutalmente ASSASSINADA só porque a mãe não aguenta pensar na possibilidade de gerar um filho que não vai sobreviver. Não acha?

E se colocássemos em questão o exemplo da menina Marcela de Jesus Galante Ferreira, que sobreviveu por até 1 ano 8 meses e 12 dias, exatamente? Alguém se lembra da história? Clique aqui para conferir o depoimento da mãe.

Não precisamos ir muito longe para encontrarmos inúmeros casos que contrariaram a Ciência, afinal, ela não tem certeza de nada e existem muitos estudos ainda a serem feitos para que novos mistérios sejam desvendados.

Não importa mais a opinião dos que fracassaram por defender a vida. Infelizmente, agora o que conta é o dinheiro que será movimentado para alguns profissionais que farão parte de clínicas de aborto legalizadas as quais passarão a existir com este fim.

Ganhar dinheiro com a morte é o mesmo que trabalhar de forma insensata, considerando agora ser legal para casos de anencefalia.

Aborto é um homicídio, em minha opinião, doloso (com a intenção de matar), considerado também como um infanticídio (com referência à utilização do termo antigo relacionado à matança indiscriminada de crianças), homicídio qualificado (por motivo fútil), e crime que não da chances de defesa à vítima.

Posso estar equivocada em minhas colocações referentes aos termos jurídicos, considerando ser eu uma leiga no assunto, porém, penso que não deveríamos estar discutindo os motivos que levaram o STF a se tornar favorável à questão, e sim por quais crimes o indivíduo responsável por esse e outros tipos de aborto deveria responder.

Prefira dar chance à VIDA e não à MORTE.

Leia mais:

País terá 95 hospitais para aborto de anencéfalos ainda em 2012, diz Saúde

Nasceu sem cérebro e tem seis anos

Contatos:
(12) 9749-3912 / (11) 7343-3177

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s