Acredite no Amor e ele será real…


“Ame profunda e passionalmente. Você pode se machucar, mas é a única forma de viver o amor completamente”.

Essa frase ficou impregnada na alma de quem leu, e por ter feito tanto sentido, ela foi reproduzida algumas vezes para outras milhares de outras pessoas que, ao perceberem o seu significado, tiveram a mesma atitude. Tudo isso sem saber a autoria dela.

A verdade é que falar de amor, como o próprio sentimento, faz bem a alma. Acalma um coração aflito por desejos e absorve a ideia do próprio conceito da palavra.

A verdade é que amar implica se jogar. Só ama de verdade quem se entrega verdadeiramente a esse sentimento, independente dos riscos que se tenha. Afinal, a própria vida é feita de riscos e se estamos nela, é porque temos mesmo que nos jogar.

O amor exige que cedamos um pouco sempre. E nem sempre ao cedermos estamos satisfazendo nossas vontades, mas a do outro. O amor é um querer bem acima de tudo. Muitas vezes, esquecemos  o que é esse sentimento porque os sofrimentos nos fazem criar barreiras, muitas vezes intransponíveis. Mas, basta o amor nos atingir novamente a fim de que tenhamos a certeza de que ele vale muito à pena!

O amor vai muito além daquele sentimento que nutrimos pelo sexo oposto. Amar é você ter algo em que acreditar, que te faça bem e que te leve a enfrentar obstáculos para ter aquilo com você ou em sua vida.

A vida está aí para nos surpreender sempre. E perder as esperanças, não deve ser algo que devemos permitir fazer parte de nós, mesmo que algum dia, situações nos obriguem a compreender o amor como um sentimento incondicional, que torne seu significado ainda mais complexo, por nos mostrar que o amor verdadeiro não deve exigir presença e nem retribuição.

Manter os pés no chão não significa deixar a sensibilidade de lado. Manter os pés no chão significa estarmos preparados para tudo e em todos os momentos, porém sem ignorarmos a possibilidade de renovação do amor. Porque ele sempre pode renascer, ele sempre pode acontecer, basta você se permitir.

É preciso manter os pés no chão sim, mas sem deixar de acreditar que esse amor quase extinto existe em algum lugar. E ter a certeza de que se, porventura, você não o encontrar, será feliz do mesmo jeito porque, afinal, você pode encontrar amor em tudo, principalmente naquilo que faz.

O segredo é não ficar procurando e muito menos correndo atrás. Ele simplesmente acontece e é preservado com o tempo.

Procuramos, mesmo que de forma inconsciente, o nosso espelho perdido. (Michelly Ribeiro)

Contatos:
(12) 9749-3912 / (11) 7343-3177

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s