O que eu admiro, eu amo!


admiracaoO que eu admiro de verdade não é a beleza de um homem. Eu admiro sua sensibilidade, sua capacidade de se abrir, facilidade em interagir, sua doçura na maneira de tratar uma mulher. Admiro as gentilezas, as atitudes e as palavras sinceras.

Admiro o amor que nutre pela família e o desejo de também ter alguém para amar,  filhos para cuidar.

Admiro a vontade de vencer, as responsabilidades com o trabalho, a necessidade de proteger, o nome para zelar.

Admiro a coragem, as virtudes, o mistério. Admiro a serenidade e a preocupação. Admiro o cuidado, o amor que leva em seu coração.

Se é um bom filho, também é um bom pai. Se respeita uma criança, também respeitará uma mulher. A regra não é geral, mas as exceções não são capazes de destruir a beleza da maioria.

Difícil conquistar preciosidades, mas, certamente, se podem ser merecidas, elas devem ser também admiradas. O processo do amor consiste exatamente nisso: análise, conhecimento, admiração e conquista.

É assim: se faz parte do processo, o que eu admiro, eu amo.

Contatos:
(11) 97343-3177
SKYPE: michelly.antunes.ribeiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s