Só os Loucos Sabem: o Errado que QUASE deu Certo…


choraoAmigos, vou ser curta, objetiva e talvez até um pouco grossa: Entendam que quando uma pessoa, seja ela quem for, leva uma vida desregrada como usuária de drogas, é certo que morrerá por causa delas. Por isso, não temos por que lamentar o que já era esperado, ainda mais quando se trata de uma pessoa pública, que tem a responsabilidade de dar exemplos aos, muitas vezes, fanáticos fãs.

Respeito os admiradores do TRABALHO dele, mas não consigo ficar quieta quando vejo venerações incoerentes. Ele não foi um grande homem. Foi apenas um bom artista para os adeptos do rock, que passa longe também da cultura brasileira. Não! Não somos ninguém para julgar e também cometemos inúmeros erros, mas não convém chorar por alguém que não foi exemplo.

Eu choro pelas vítimas de estupro, violências e injustiças diversas, mas por quem resolve acabar com a própria vida, definitivamente, não! Vamos separar: uma coisa é gostar das músicas, outra coisa é idolatrar!

Mas, se tiver algum familiar do “Chorão” aqui, entenda que minha crítica não é pessoal. Espero que ele não demore muito para se encontrar no plano espiritual.

O que me preocupa são os fãs que ficam e o tem como “modelo”. E lanço uma pergunta: Quantos não estão aí na rua “cheirando”, fumando, roubando e te assaltando?

Não estou dizendo que todos os fãs dele são assim, o que afirmo tem mais a ver com a influência da mídia na cabeça mais fraca do que outra coisa. É fato que não são todos que olham tudo pelo lado bom. Poucos no Brasil sabem o que é cultura, entendem de história e folclore, artes ou política. Acredito que quase ninguém!

Por esse motivo, cuidar para que artistas “sem prática” e com nenhuma ideologia e/ou filosofia atinjam o ápice do sucesso é papel das autoridades. Visto que todos possuem uma responsabilidade dobrada em relação às suas atitudes, por mais humanos que sejam; se possuem vida pública, assim como os políticos, merecem ser cobrados por isso. Afinal, foi uma escolha feita conscientemente!

Por outro lado, fico pensando em pessoas de nossa família que falecem. Para medir os exageros, basta analisarmos se fazemos as mesmas coisas quando algum familiar morre. Escrevemos inúmeras coisas, frases ditas e versos em homenagem a quem morreu? Eu acho que quando se trata de uma pessoa pública, a amplitude é sempre maior. Para essa situação também vale a regra: “tudo o que é demais, faz mal”.

A mídia tem o dever de saber distinguir o que é altamente nocivo à mente mais frágil, e eliminar informações que não agregam valor, principalmente quando se trata de drogas e suicídio, o que para mim, é tudo a mesma coisa.

Gostaria de entender por que não veneramos pessoas significativas como Mahatma Gandhi, Jesus, Santo Agostinho, Beethoven, Charles Chaplin, Albert Einstein, Nelson Mandela, Dalai Lama, Mozart, Ray Charles, Augusto Cury, dentro muitos outros que colaboraram de alguma forma para a evolução do mundo, seja no que diz respeito ao emocional ou ao intelectual?

Enquanto as pessoas não acordarem, a idolatria vai continuar girando em torno de drogas, mortes, corrupção, luxúria, etc. Vamos continuar colocando muitos outros Cazuzas, Elis Reginas, Cássias Ellers e Amy Winehouse no altar, e vamos nos distanciar cada vez mais de nossa essência. E isso nada tem a ver com religião, mas refere-se a olharmos para dentro de nós mesmos e nos enxergarmos no outro, valorizando a todos igualmente.

Quem serão os próximos? Britney Spears? Kristen Stewart? Lindsay Lohan? Não sei! Só sei que eu espero não ver cenas absurdas de declarações desesperadas de fãs “cegos”. Por favor, amigos, não chorem por eles, porque suas atitudes já definem suas escolhas.

Respeite a si mesmo e será coerente em todas as suas palavras em relação aos demais. O que se vive aqui nesse mundo é uma inversão de valores, que deve ser contornada por cabeças inteligentes.

Biografia de Chorão da Banda Charlie Brown Jr.

Leia mais:

Chorão, vocalista do Charlie Brown Jr., é encontrado morto em São Paulo

Polícia suspeita que Chorão foi vítima de overdose de drogas

Fotos: Morte de Chorão, vocalista do Charlie Brown Jr

Skatistas lamentam morte de Chorão em pista frequentada pelo vocalista

Dois mil jovens fazem homenagem a Chorão em parque de Manaus

Repercussão da morte de Chorão nas redes sociais

Observações:

O título deste texto faz referência a duas músicas da banda Charlie Brown Jr.:
Só os Loucos Sabem
O Errado que deu certo

Contatos:
(11) 97343-3177
SKYPE: michelly.antunes.ribeiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s