Um Amor Possível…


amormaduroDepois de exacerbar as lembranças de forma irresponsável com o próprio saber, prometi a mim mesma viver tudo o que estiver ao meu alcance, e com toda a intensidade que o presente merece, a fim de que minhas expectativas não me causem novos sofrimentos.

A paz de que precisamos está em justamente refutarmos o que nos causa danos, sejam físicos, materiais ou espirituais; procurando, dessa forma, o domínio de nossas próprias emoções.

Depois de um tempo, todos nós percebemos que o que está diante de nós é exatamente aquilo que temos procurado ao longo dos anos. Nossos caminhos sempre se chocaram, mas nunca se cruzaram talvez por preparação do destino. A vida tem suas razões, as quais não conseguimos explicar, mas tudo, no final dá sempre certo para quem está preparado para receber e perceber.

É preciso que estejamos prontos para ganhar e, muito mais dispostos a presentear. O amor é uma troca de virtudes, é uma troca simplesmente e, considerando que ninguém consegue dar aquilo que não tem; quem não estiver pronto, não conseguirá entender a plenitude desse sentimento.

O amor não escolhe a hora de chegar, ele simplesmente acontece, e se esconde no encantamento, na paixão justamente, para deixar claro que há disposição para florescer, para ser… O amor nasce da “inesperança”, da autenticidade, do prazer. O amor é vontade de estar junto, é vontade de crescer com, de viajar, de sonhar, de realizar. O amor é um sentimento latente tornado real. O amor se faz contente quando o outro expressa sua satisfação.

Quando se entende que esse sentimento não tem domínio, mas é possível porque está em alguém que “acontece” em nossa vida, da mesma forma como o amor; é que se desperta em nós, o desejo de se atingir a profundidade dessa paz.

A sinceridade se verbaliza, o sorriso se torna constante, a beleza irrelevante e, ao mesmo tempo, tão singular. O amor possível aceita as diferenças porque elas já não são mais percebidas pelos dois. O amor possível é aquele que está diante de nós porque possui tudo o que precisamos, já que temos tudo aquilo que ele também precisa.

O amor possível se faz presente, surpreende, e é esse que enxerga originalidade no cotidiano, que entende o diálogo como sendo o combustível potente, capaz de capacitar duas almas por toda uma vida, em prol de um mesmo objetivo: a felicidade…

…e é esse amor possível que eu quero viver!

Amor é quando as diferenças não são mais capazes de separar” (Jacques de Bourbon-Busset)

Contatos:
(11) 97343-3177
SKYPE: michelly.antunes.ribeiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s