Não, eu também não vou à Copa do Mundo!


brasil2Fiquei sem o que dizer após assistir a esse vídeo (abaixo), justamente porque ele resumiu tudo em poucas palavras. Usou de exemplos práticos de uma realidade há muito tempo cômoda por parte dos brasileiros.

Acontece que o Brasil acordou. O que muitos artistas renomados e que marcaram a memória de todos os tempos disseram em suas letras de música está sendo agora colocado em prática, de uma forma que nunca foi vista no país, desde os tempos das “Caras Pintadas“. Mas, mesmo assim, essas manifestações são inteiramente apartidárias, embora não possuam um foco.

Elas mostram um país com mais consciência e que, mesmo com tantos discursos, a meta a ser alcançada é a mesma: mudança. E arrisco até uma revolução política.

Aos que são contrários a essas manifestações, peço apenas que busquem compreendê-las. Elas não compartilham das ideias de uma minoria que insiste em agir com vandalismo a fim de atingibrasilr visibilidade com fundamentos políticos.

O Brasil já não é mais o mesmo a partir do que tem acontecido nas últimas semanas. Independente do que se consiga com tudo isso de forma concreta, as cabeças já estão mais pensantes. Já não aceitam mais tudo de qualquer jeito. O Brasil mudou e, consequentemente, a política também. O momento é histórico e o Brasil certamente será mais brasileiro a partir desse marco.

A consciência da população diante dos gastos absurdos e da maneira como a educação, a saúde e a segurança são negligenciados está mais ampliada e, por esse motivo, os políticos temem sair nas ruas, o que já é uma conquista absurda!

As futuras gerações terão orgulho de se dizerem brasileiras. Se orgulharão dos “futuro da nação” (jovens de hoje) que fizeram a diferença, e que terão deixado de ser a “Geração Coca-Cola.  Vão buscar conhecer esse país receptivo e generoso com mais profundidade, valorizarão mais nossas culturas diversificadas e saberão muito bem como escolher a forma política do país, com ou sem anarquismo; mas, muito bem organizado.

É tudo isso o que desejo para os filhos “dos nossos filhos”: paz, educação, justiça, saúde e toda segurança que se tem direito!

Assista e compartilhe:

No, I’m not going to the World Cup

Contatos:
(11) 97343-3177
SKYPE: michelly.antunes.ribeiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s