Desapego Emocional


desprendimentoUma das maneiras de se desligar de tudo aquilo que te prende a um emaranhado de palavras-gatilho, e de se desprender dos ‘vícios’ criados pelas facilidades tecnológicas no que tange os relacionamentos atuais, é você aprender a se dar ao devido valor. Se conhecer é o melhor presente que você pode se dar.

A consequência dessa atitude são as pessoas valiosas na mesma proporção que se aproximarão de você, desde que também esteja aberto.

Tudo o que te aconteceu, de bom ou ruim, foi você mesmo quem atraiu. Não se deixe levar por pressões psicológicas, quando se trata de alguém que simplesmente quis se afastar por tempo indeterminado.

Quem conhece a história das borboletas de Mário Quintana e compreende plenamente o que ela quer dizer, sabe do que estou falando.

A Vida, simplesmente te trata como você se trata, e esta não é mera frase clichê. Se foi você quem partiu e a ‘culpa’ for sua, saiba dar meia volta; caso contrário, a iniciativa tem que vir do outro lado.

Não jogue o jogo de ‘achar um culpado‘. Entenda que, dentro de qualquer relacionamento não existem culpados. Existem dois seres ansiando pela mesma coisa, mas que não conseguem definir exatamente o que, se forem muito iguais, porque um vê no outro exatamente aquilo que ele é, mas entende não possuir. Por isso, a maturidade sempre ajuda.

A melhor forma de descobrir uma saída é não pensar em procurá-la. A resposta sempre vem no tempo certo.

Contatos:
(11) 97343-3177
SKYPE: michelly.antunes.ribeiro

Anúncios