Eu Maior: a busca permanente do Homem


eumaiorSem perceber, o homem busca o autoconhecimento por meio de hobbies ou, muitas vezes, até da profissão que escolhe para seguir, os quais se tornam uma “religião”, a fim de que, de alguma forma, transforme a dor em felicidade, e o faça transcender além do infinito, através de visões de mundo que são construídas nesses contextos, que não podem descartar também o ambiente familiar, social e cultural.

A felicidade é uma meta do ser humano. Ele busca dentro de si, e se não encontra, busca no outro. Não é algo separado do autoconhecimento, porque quando alguém se conhece, entende que a felicidade é uma espécie de pertencimento. Faz parte da integridade do ser. É impossível ser feliz plenamente, porque é impossível ser inteiro o tempo todo.

As pessoas se buscam no outro, como um processo intenso de “autodescobertas“. O ser humano é um ser pensante, logo sua curiosidade nunca é saciada, e, por isso, nunca está satisfeito. O processo é contínuo, porque a busca nunca acaba.

A profundidade de se enxergar inteiro ao se olhar por dentro é equivalente a um instante. A materialidade e a fugabilidade das coisas não permitem que o ser se complete, porque tudo é aparentemente temporal, foge às mãos.

Na verdade, todos buscam entender a continuidade da vida, como uma resposta a todos os seus infortúnios, já que ela não é encontrada enquanto ser vivo. A resposta é a busca, algo que se procura como um remédio para as frustrações ocasionadas pelo prendimento. O desprendimento é a chave para o ser em sua totalidade. As “mãos abertas” possuem uma maior capacidade de conquista do que as mãos fechadas.

O sofrimento e a felicidade vivem em comum acordo: eu busco a felicidade para diminuir meu sofrimento. Mas, fazendo isso, esqueço que o verdadeiro sentido da vida é viver o processo ao invés de sonhar com o fim. A ansiedade é o grande mal da humanidade, porque é a causadora primária dos sofrimentos.

O humano não quer viver o presente porque nunca está plenamente satisfeito, porque é um ser eternamente desejante, aspirante, curioso, impaciente.

Ele quer dominar o mundo, mas se esquece de que o domínio não está em suas mãos. Esquece de sua condição humana, esquece de dar um passo de cada vez e, por isso, sofre, erra, e erra de novo. Não há problema em cometer erros. O desafio aqui é o de aceitá-los.

O processo é a vida, e viver é a arte de aproveitar o momento na qualidade em que ele está sendo oferecido para nós. Vivemos resquícios de felicidade porque sempre depois de um momento, vem a expectativa do outro, ou a expectativa está permanentemente no momento, e nunca estaremos inteiramente no presente, por esse motivo.

Enfim, o processo é o desafio, porque o processo é a Vida em si; resumindo minhas percepções do feliz documentárioEu Maior“, que reúne renomadas personalidades de diversas áreas profissionais, demonstrando para o expectador, que a vida é complexa em sua multiplicidade de aspectos, e que somos tão iguais quanto pode imaginar nossa vã superficialidade no que diz respeito aos julgamentos que fazemos com tanta insistência, desconsiderando nossa frágil imperfeição. Vale a pena conferir!

Michelly Ribeiro

Entrevistados do vídeo: Araquém Alcântara, Ari Raynsford, Bárbara Abramo, Benjamim Taubkin, Carlos Burle, Flávio Gikovate, Gloria Arieira, Greta Silveira, Kaká Werá, Laís Bodanzky, Leonardo Boff, Letícia Sabatella, Marcelo Gleiser, Marcelo Yuka, Márcio Libar, Marina Silva, Mário Sérgio Cortella, Monja Coen, Paulo Tarso de Lima, Sri Prem Baba, Professor Hermógenes, Ricardo Lindemann, Richard Simonetti, Roberto Crema, Rubem Alves, Sônia Café, Tatiana Clauzet, Vanete Almeida, Waldemar Falcão e Waldemar Niclevicz.

Outras informações podem ser conferidas em: http://www.eumaior.com.br/

Contatos:
(11) 97343-3177
SKYPE: michelly.antunes.ribeiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s