3 minutos Utilizando-se do cálculo de maximização do bem, de onde se  tira a ideia de que o benefício de uma maioria vence a derrota de uma minoria é um princípio seguido pela ética utilitarista, também muito usada no Jornalismo, o que seria, de forma resumida, “os fins justificam os meios”. Essa máxima foi trazida, pela primeira vez, por Jeremy Bentham (1748—1832) e John Stuart Mill (1806—1873): “Uma ação é moralmente correta quando produz (maximiza) o maior bem (felicidade – prazer) para o maior número e/ou Continue lendo

1 minuto O importante nessa vida é que pelo menos você tentou. Porque o importante não é só vencer, mas ter a consciência de que um dia você pode também perder e essa perda ser uma vitória. Como? Vamos analisar juntos: Vamos analisar juntos o seguinte: Se você perder e souber o que fez com que você perdesse e procurar corrigir esses pequenos erros, já será uma grande vitória. Se você perdeu, mas soube tirar proveito da experiência vivida, considerando que em tudo há Continue lendo

2 minutos A importância de ser transparente vai muito além da prática ética. É mostrar que você dá a você o valor que você merece e que, consequentemente, gostaria que as pessoas também te deem. A transparência é algo que garante confiança para a pessoa e faz com que ela se sinta dona de si, livre para trilhar caminhos que o destino traçar. Essa transparência da qual falo é a força propulsora que te levará a lugares que farão com que você se sinta Continue lendo

menos de 1 minuto E eis que, ao final de um dia, você compreende que só chegou até aqui porque existiram pessoas e momentos, ocasionados por suas próprias escolhas, que fizeram com que você caminhasse nessa direção. Para começar, doe amor! Tudo faz parte de uma grande comunidade, conhecida por Planeta Terra, a qual é composta por pequenos “universos” de pessoas que se complementam com suas afinidades, e outras tantas que te desafiam a mudar seus padrões vibratórios. A Vida te impulsiona constantemente a Continue lendo

1 minuto A partir de hoje, não vou mais especular. Prometi a mim mesma que antes de supor, preciso tirar a prova, perguntar, encarar meus conflitos internos e não permanecer fugindo do que me incomoda ou me causa medo. A partir de hoje, vou me assumir mais. Vou assumir a responsabilidade por todos os meus atos, sem medo da culpa traiçoeira, incutida socialmente pela cultura que nos rodeia e dilacera o coração. A partir de hoje, vou assumir que sou como sou, como gosto Continue lendo